História do Rock And Roll - Anos 50: O início

Esse artigo é parte de um trabalho de conclusão de curso


O Rock and Roll surgiu na América em meados de 1950 com a fusão de estilos como o country, o jazz e o rhythm blues.
O Rock geralmente aborda dois temas em suas canções: amor ou rebeldia. Seja amor em forma de sexo, amor de paquera, amor não correspondido, ou seja rebeldia politizada, rebeldia sem causa.

As letras do rock sempre geraram polêmica. Críticos atribuíam uma relação de causa e efeito, acusando as letras de incitar a juventude americana a se rebelar contra seus pais e sociedade. Eles também argumentavam que as letras do pop/rock solaparam a fibra moral da civilização ocidental com sua rudeza sexual, radicalismo político e, recentemente conteúdo violento. Os defensores do rock aplaudiram a rebeldia do gênero e as letras que, às vezes eram politicamente inflamadas, creditando-as como causadoras de mudanças culturais, políticas e até mesmo “revolucionárias”.1


Esse é o rock, que juntamente com letras amorosas ou rebeldes se mistura com levadas de quatro compassos e solos de guitarra.
Há quem diga que os precursores do Rock foram Chuck Berry, Bill Haley, Little Richard e Fats Domino.
Fats Domino deu ao rock seus acordes de piano e suas letras de amor, Bill Haley levou (We´re gonna) rock around the clock ao topo das paradas de sucesso , tudo isso por entrar na trilha sonora de um filme, intitulado Sementes da Violência que retrata a delinquência juvenil nas escolas. Chuck Berry alavancou o rock com seu jeito de tocar, influenciando toda uma geração, que, de acordo com Friedlander (2006, p.47), “como guitarrista, ele criou um estilo de referência para o gênero”, e ao invés de falar de amor como todos os outros, falava de um cotidiano adolescente, carros, dança, sexo, família...

O pop/rock foi adotado por uma geração de adolescentes que começava a colocar em questão alguns dogmas da cultura dominante. Durante um lento processo de desilusões, este novo grupo - os adolescentes – formulou questões que uma década
depois tornariam gritos de protesto.2


1FRIEDLANDER, Paul, Rock and Roll: Uma história social, 4° edição, Rio de Janeiro, Editora Record, 2006. p. 397.
2Idem. p. 37.

A volta do Mr. Big!

“O modo como vejo as coisas é como se eu estivesse voltando com uma ex-namorada. Mas porque você quer, não porque você tem que fazer isso. Todos nós estamos indo bem em nossas carreiras solo. Fazer isso agora é algo que nos fez sentir bem.”

(Billy Sheehan, ao site musicradar.com)

Sim!! Eles voltaram! O quarteto original!

Como você já deve ter visto em outro sites...

Pra comemorar o aniversário de seu 1º álbum o homônimo "Mr. Big" eles resolveram fazer uma turnê no Japão.
De acordo com o site Whiplash, foram divulgadas datas das turnês que o Mr. Big fará pelo Japão no mês de junho. Ainda foi informado que na última apresentação, que será feita na cidade de Tokyo, será gravado um DVD e um CD ao vivo.

05/06 - Sapporo - Hall Hokkaido pension

07/06 - Sendai - Zepp Sendai


09/06 - Kanazawa - pension Hall Ishikawa


10/06 - Nagoya - Zepp Nagoya


12/06 - Fukuoka - Zepp Fukuoka


15/06 - Osaka - Grand Cube Osaka


18/06 - Osaka - Osaka Welfare Pension Hall, Great Hall


17/06 - Hiroshima - ALSOK Hall


20/06 - Tokyo - Budokan


Se você tem muita grana sobrando, vale a pena ir lá e dar uma conferida!! Mas se você é assim como eu... reza e espera eles aparecerem por aqui.



Os 40 melhores vocalistas de todos os tempos

De acordo com a rádio digital Planet Rock, Robert Plant foi eleito a maior voz de todos os tempos! Seguido de Freddie Mercury, Paul Rodgers por aí vai...


Janis Joplin, a única mulher desta lista, ficou na 21ª posição...


A lista completa da votação realizada pela “Planet Rock”:

01. Robert Plant (LED ZEPPELIN)
02. Freddie Mercury (QUEEN)
03. Paul Rodgers (FREE, BAD COMPANY)
04. Ian Gillan (DEEP PURPLE)
05. Roger Daltrey (THE WHO)
06. David Coverdale (WHITESNAKE)
07. Axl Rose (GUNS N' ROSES)
08. Bruce Dickinson (IRON MAIDEN)
09. Mick Jagger (THE ROLLING STONES)
10. Bon Scott (AC/DC)
11. David Bowie
12. Jon Bon Jovi (BON JOVI)
13. Steven Tyler (AEROSMITH)
14. Jon Anderson (YES)
15. Bruce Springsteen
16. Joe Cocker
17. Ozzy Osbourne
18. Bono (U2)
19. Peter Gabriel
20. James Hetfield (METALLICA)
21. Janis Joplin
22. Chris Cornell (AUDIOSLAVE / SOUNDGARDEN)
23. Roger Chapman (FAMILY)
24. Phil Lynott (THIN LIZZY)
25. Glenn Hughes (DEEP PURPLE)
26. Steve Perry (JOURNEY)
27. Jim Morrison (THE DOORS)
28. Alex Harvey (THE SENSATIONAL ALEX HARVEY BAND)
29. Rob Halford (JUDAS PRIEST)
30. Ronnie James Dio (DIO)
31. Sammy Hagar (VAN HALEN)
32. Meat Loaf
33. Alice Cooper
34. Geddy Lee (RUSH)
35. Brian Johnson (AC/DC)
36. David Gilmour (PINK FLOYD)
37. Fish (MARILLION)
38. Dave Lee Roth (VAN HALEN)
39. Biff Byford (SAXON)
40. Neil Young.

Fonte: whiplash.net

Mr. Big


O Mr. Big é uma banda norte americana de Hard Rock que surgiu por volta de 1989 com a seguinte formação: Eric Martin (vocal), Paul Gilbert (guitarra), Billy Sheehan (contrabaixo) e Pat Torpey (bateria), a banda é muito conhecida pelo seu hit "To be Whith you".

- Mr. Big? Não conheço!
- Ah se conhece... dá uma olhada nessa música:
http://br.youtube.com/watch?v=5QD5n98R_nk
- Pérai! Essa música eu conheço! Isso é Mr. Big ??

O primeiro álbum da banda foi o homônimo “Mr. Big” , é lançado pela Atlantic Records. Onde você encontra músicas como “Big Love” e “Addicted to That Rush”. No ano seguinte, o grupo saiu em turnê e na volta, já começou a preparar o novo álbum, “Lean Into It”. Canções como “Alive and Kicking”, “Green-Tinted Sixties Mind” e a tão conhecida “To Be With You” que foi responsável pelo sucesso, inclusive, esteve no topo das paradas da época.Em 1993, sai o álbum "Bump Ahead", considerado um dos melhores da carreira da banda, que obteve grande êxito em todo mundo, destacando-se músicas como "Colorado Bulldog", "The Whole World Is Gonna Know", "Wild World" (Cat Stevens), "Nothing But Love", e o cover do Free, "Mr. Big" (a musica). Na tour desse álbum, a banda encara seu maior publico, sabe aonde? Em um festival intitulado M2000 Summer Fest, no Brasil, tocando para 100 mil pessoas. Paul Gilbert adorou.

“Hey Man” surge em 1996 com as músicas, “Take Cover”, “Goin' Where The Wind Blows”, entre outras. Mas, apesar de ser um ótimo álbum, não obteve tanto sucesso como os demais. As coisas começam a mudar um pouco...Billy Sheehan e Paul Gilbert resolvem se dedicar a projetos paralelos, Billy com a banda Niacin (com John Novello e Dennis Chambers), e Paul lança um disco solo, lançamentos de discos geram turnês, e o Mr. Big ficou, de certa forma, em segundo plano. A turnê do disco “King of Clubs” de Paul Gilbert fez com ele saísse da banda.Depois de conflitos, a banda tira uma folguinha, retornando 3 anos depois, com um novo guitarrista, Richie Kotzen , e um novo disco “Get Over It”Em 2000 começaram a gravar outro trabalho, “Actual Size” , nesse mesmo tempo, Billy grava um álbum com o Niacin, “Deep”.Sim, mas você lembra dos conflitos? Eles continuaram. Os caras da banda resolvem despedir Billy

- A coisa tá brava mesmo! Quem despediria um baixista como o Billy Sheehan?

Mas a banda fez muito sucesso no Japão, os japoneses estavam “enlouquecidos”, queriam mais shows do Mr. Big, álbum novo turnê nova, resolveram fazer uma nova reunião e Billy topou tocar, mas só voltava pra banda se algumas atitudes fossem tomadas...

- Erick, Richie, Pat... o que vocês aprontaram?

…nada foi feito, eles decidiram acabar com a banda depois da turnê.Esse último show em Tóquio foi registrado e lançado em CD e DVD: “Mr. Big in Japan”. Ahh em 2003 saiu um álbum tributo, "Influence & Connections Vol.1", conta com a participação de Paul Rodgers, King's X, Steve Lukather, Marty Friedman, Joe Lynn Turner, John Waite, Glenn Hughes, Ann Wilson, Mickey Thomas, Dogstar, Matt Sorum, Donnie Vie, Yngwie Malmsteen, Keanu Reeves. Gravaram algumas das canções que marcaram a carreira do Mr. Big. Embora três membros da banda participaram da gravação, este não é um lançamento do Mr. Big.

- Alguém filmou eles:
- Eu vi alguém fazendo cover!
http://br.youtube.com/watch?v=F0RW-6DdVZc